bbrbet cassino -Antes de uma agenda prevista para o último sábado (11), adeputada estadual do Rio de J

Marina do MST voltabbrbet cassino - a ser ameaçada e sofre ataques falsos

Antes de uma agenda prevista para o último sábado (11),bbrbet cassino - a deputada estadual do Rio de Janeiro Marina do MST (PT) voltou a receber ameaças de agressão e foi alvo de uma série de fake news. No entanto, ao contrário do que aconteceu em agosto em Nova Friburgo, na região Serrana, a atividade programada pelo mandato foi realizada sem intercorrências na cidade de Bom Jesus de Itabapoana, no Norte Fluminense.

Leia também: Marina do MST avisou autoridades sobre ameaças antes do ataque em Nova Friburgo (RJ)

Segundo a assessoria de comunicação do mandato, a agenda aconteceu porque o poder público garantiu a segurança da parlamentar e de sua equipe, após a denúncia das ameaças ter sido registrada na Polícia Civil, na Polícia Militar e na Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC).

"Com a divulgação de alguns áudios e publicações com notícias falsas sobre a ida da Marina do MST no município de Bom Jesus de Itabapoana, registramos a ocorrência na polícia civil, oficiamos o batalhão da Polícia Militar e a Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC). As ameaças de agressão fundamentadas em fake news não se concretizaram porque houve uma excelente atuação do poder público", disse o mandato em nota oficial enviada à imprensa.

Com a manutenção da atividade, a parlamentar realizou uma prestação de contas do seu mandato e ouviu as demandas dos moradores da região Norte Fluminense. 

Na nota enviada à imprensa, a deputada afirmou que as autoridades irão investigar e identificar os responsáveis pelas ameaças. Além disso, a parlamentar destacou que a denúncia visa não apenas punir os infratores, mas garantir seu direito, enquanto representante eleita, de dialogar com a população e ouvir suas demandas.

"Esta é apenas uma parte do meu trabalho de deputada estadual, eleita no ano passado com 46.422 votos recebidos em todo o Estado do Rio", ressaltou no texto.

Ameaças se repetem

Essa é a segunda vez em três meses que a parlamentar é ameaçada. Em Nova Friburgo, em visita realizada em agosto deste ano, além das ameaças, a parlamentar foi atacada por bolsonaristas. Na ocasião, ela também havia comunicado às polícias Civil e Militar e ao Ministério Público sobre as ameaças que estava recebendo por conta da realização de uma plenária de prestação de contas do seu mandato. No entanto, o ataque não foi impedido.

Na véspera das agressões, a parlamentar denunciou que recebeu mensagens de ódio de empresários bolsonaristas da região e que sua agenda pública era alvo de fake news disseminadas por meio de áudios no WhatsApp. "A surpresa foram as instituições saberem que existia essa ameaça e não estarem lá para garantir o exercício do meu trabalho", disse a parlamentar em postagem nas redes sociais.

Fonte: BdF Rio de Janeiro


Relacionadas

  • Campos dos Goytacazes, no RJ, terá primeira edição da Feira Regional da Reforma Agrária do MST

  • Rio aprova cota de tela estadual para exibição de filmes brasileiros

  • Marina do MST avisou autoridades sobre ameaças antes do ataque em Nova Friburgo (RJ)

Outras notícias

  • Transfobia no RJ: Benny Briolly e Dani Balbi relatam abusos diários na política institucional

  • Arthur Lira aceita pedido do PL e abre processo de cassação contra 6 deputadas progressistas

  • Tiros interrompem ato pró-Lula no RN com presença da governadora Fátima Bezerra

  • Quem Somos

  • Parceiros

  • Publicidade

  • Contato

  • Newsletters

  • Política de Privacidade

Redes sociais:

Todos os conteúdos de produção exclusiva e de autoria editorial do Brasil de Fato podem ser reproduzidos, desde que não sejam alterados e que sejam dados os devidos créditos.

Visitantes, por favor deixem um comentário::

© 2024.sitemap